Taxi dos Beatles

Na manhã de hoje, 13/12/2011, eu estava atrasado e precisei pegar um taxi.

Após alguns minutos parado na esquina da Ceará com a Ernesto da Fontoura, tentando sem sucesso tomar um  taxi que me levasse ao trabalho, eis que surge diante dos meus olhos aquela que era, até aquele momento, uma das maiores lendas urbanas de Porto Alegre.

Nem todos sabem, mas Porto Alegre tem um taxi muito especial. Dentre os 3922 taxis que circulam diariamente pela  capital dos gaúchos um se destaca por sua aparência singular: a decoração temática dos Beatles.  Totalmente adesivado, o carro é revestido por dentro e por fora com alusões à banda de Liverpool que vão desde capas dos clássicos álbuns que fizeram a história da banda até charmosos soveniers. O som, naturalmente, não poderia ser outro: Beatles, o tempo todo.

Ergui o braço sem muita esperança, mas como bom fã, fui atendido.

Fui batendo papo com o motorista durante curtos 8 minutos, tentando através da minhas perguntas saciar um pouco da enorme curiosidade sobre o Taxi dos Beatles. No entanto, o que recebi foi uma triste notícia: o Taxi dos Beatles está com os dias contados.

Isso mesmo. Enquanto escrevo esse texto, os tais dias contados são exatamente onze.

Segundo o taxista (que eu, encantado com o carro acabei esquecendo de perguntar o nome), a Secretaria Municipal dos Transportes, em ordem já assinada pelo secretário, determinou que a decoração fosse removida até o dia 24/12 para que o taxi 4097, temático dos Beatles, um clássico, voltasse a ser apenas mais um taxi dentre os quase quatro mil carros que adotam o horroroso vermelho ibérico como cor.

Pegar o taxi dos Beatles foi uma experiência surreal, mas, principalmente, animadora. Foi algo que encheu meu dia de alegria. A música dos quatro garotos de Liverpool, uma curta imersão pelo universo da banda em meio a uma vida cheia de stress, pressa e responsabilidades foi algo não apenas positivo mas que trouxe um pouco de felicidade a uma monótona e cinza manhã de terça-feira.

Agora, me respondam: Por que isso precisa ser eliminado da cidade?

Não consigo encontrar uma razão para isso. Não consigo enxergar sensatez na decisão de, arbitrária e simplesmente, mandar desfazer a obra de arte que o taxi 4097 se tornou. Acho que se a secretaria dos transportes se manifestou dessa forma, as secretarias da cultura e do turismo também poderiam exercer seus direitos e posicionarem-se a respeito do que está prestes a acontecer.

Ainda está em tempo de evitar essa insensatez.

Resta torcer.

PS: Em breve pesquisa detectei que Porto Alegre não tem uma secretaria de transportes, e sim a EPTC. O taxista pode não conhecer muito bem os órgãos e cargos envolvidos, mas, enfim, o contexto é esse. 😦

Anúncios

18 responses to this post.

  1. Posted by Passageiro on 18 de dezembro de 2011 at 15:41

    Voltando do Iguatemi passei pelo taxi e achei muito legal! Atendimento diferenciado, para clientes, isso ta faltando nos nosso taxis, para elevar a qualidade do serviço oferecido!
    A EPTC deveria notificar os onibus da carris com toda aquela customização que descaracterizam o meio de transporte, fora que é horrivel de olhar pela janela a noite, dificulta a identificação da localização e atrapalha o passageiro.

    Responder

  2. Posted by peagá on 14 de dezembro de 2011 at 22:41

    Os taxis tem que ser da cor avermelhada mesmo.
    é para visualização!

    se fose do restart tu nao ia gostar e apoiar a decisao da prefeitura pra remover o adesivo!

    Responder

    • 1 – Taxi do Restart jamais existiria, os fãs deles não tem idade para dirigir.
      2 – Como tu afirmas com tanta propriedade o que eu pensaria? Prepotente, não?

      Responder

      • Posted by peagá on 15 de dezembro de 2011 at 22:42

        entao ta!
        1.se fosse de banda funk, que os ‘cantores ‘ têm idade pra dirigir , existiria, né? se é Esse o teu argumento!
        2. eu afirmo com base no teu exesso de sentimentalismo, dando a impressao de vontade propria!
        3. respeito muito a opiniao dos outros, principalmente quanto a musica. eu nao curto beatles e nao sou fan e nem fanboy !

      • Mas deve curtir bastante o Restart, pelo que pude perceber. Abs.

    • Posted by Francisco on 15 de dezembro de 2011 at 4:08

      Para visualização, tem uma plaquinha escrito (veja só que fantástico!) “Táxi”.

      Responder

      • Posted by peagá on 15 de dezembro de 2011 at 22:43

        pra visualização ser mais ” facil, ” entendeu?
        ou pra vc tem que desenhar os beatles nos taxis!

      • Se você observar a foto vai perceber que toda a sinalização que é obrigatória nos taxis está ali (aliás, foi através dela que eu identifiquei). Enfim, não é “difícil” perceber.

  3. Posted by Gustavo on 14 de dezembro de 2011 at 16:59

    Eu tive a mesma sorte que tu. Muito legal o taxi e a simpatia do motorista com cabelos iguais ao Lennon. Que fique assim. Boa sorte ao taxista.

    Responder

  4. Posted by Matheus Freire on 14 de dezembro de 2011 at 11:59

    A pergunta é: Se fosse um táxi temático de funk ou sertanejo universitário, vocês ainda seriam contra a decisão da EPTC? Vocês são contra o fim do táxi dos Beatles ou contra a poda da liberdade de customização dos táxis?

    Responder

    • Se fosse um taxi temático de funk ou sertanejo universitário eu não seria contra nem a favor, eu simplesmente não teria embarcado no taxi e, por consequencia, este texto nunca existiria.
      Mas se houvesse um taxi do Luan Santana tão legal quanto esse, eu apoiaria a manutenção sim.
      Abraço!!!

      Responder

    • Posted by Anderson Lima on 19 de dezembro de 2011 at 4:42

      Mas como tem gente mala, hein? PQP
      Vem aqui perder tempo….
      Não curte? Não leia, não perturbe.

      Responder

  5. Posted by carol on 14 de dezembro de 2011 at 4:39

    Olá, Marcel

    segue abaixo-assinado que fizemos para ajudar o Sr. Mario a continuar com o táxi dos beatles.
    Se quiser divulgar será ótimo!

    http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=P2011N17956

    Responder

  6. Desculpa aí, mas mesmo os ônibus adesivados que o Luiz citou seguem um padrão (péssimo, mas ainda assim) e um controle de uniformidade.
    O meu chute pros motivos da EPTC é esse: como em qualquer grande cidade, os táxis têm uma padronização visual que, além de facilitar a identificação por parte dos passageiros, aumenta a segurança (imaginem um carro qualquer todo adesivado com a luzinha de taxi em cima coletando desavisados). Por isso, deixar que apenas um veículo destoe do resto pode abrir um precedente arriscado. Não deixa de ser uma pena, mas, como disse um sábio certa vez, a vida é foda.

    Responder

  7. Posted by Luiz on 14 de dezembro de 2011 at 2:24

    Se os onibus podem ser adesivados, por que não os taxis!?

    Responder

  8. Posted by Sergio Jr. on 14 de dezembro de 2011 at 2:16

    Porto alegre baita cidade mas anda em mãos de pessoas burras, ignorantes ou só incompetentes … Só olhar em volta quem estão nas chefias de órgãos municipais; praticamente um qualquer… Claro que no alto escalão há pessoas bem qualificadas (pois se não, Poa estaria uma zona ainda maior…)
    Enfim há mais o que fazer… ( e obviamente será usado o argumento fail “Ah mas daqui a pouco qualquer taxi poderá ser estilizado e ficará horrível, fora do padrão…” Algo do gênero ok.) Como se os taxis daqui fossem lindos heim…

    Enfim abraço e que Porto Alegre, seja a Porto Alegre que sempre nos fez feliz e nos deixam orgulhosos.

    Responder

  9. Temos que defender este taxista!!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: