Tudo o Que Faço

“Como tu consegue fazer tudo isso?”

Ouço com frequência.

A resposta nem eu sei. E, pra piorar, quero fazer ainda mais coisas.

Pensando nisso, resolvi postar aqui o turbilhão de atividades que é a minha vida. Sei que é um post muito pessoal e irrelevante, mas talvez esse lugar não seja frequentado apenas por amigos meus e talvez nem esses amigos saibam o que faço.

Primeiramente, durmo. Como todo ser humano deveria, pelo menos 8 horas.

Trabalho em um banco público federal. Isso me permite acordar mais tarde do que a maioria, mas ainda mais cedo do que eu gostaria. Normalmente acordo pelas 9h e rumo para o trabalho, de onde saio às 18h, direto para uma van.

Uma hora de viagem até a Feevale, onde, de segunda à sexta, sou estudante de Gestão de Recursos Humanos.

Somente essas duas atividades já servem para cansar um ser humano normal (coisa que eu não sou).

Durante a semana, esporadicamente, resenho  shows. Escrevo para o POA SHOW (www.poashow.com.br), site que mantenho com minha esposa Fabiana e a colaboração de muitos amigos. Algumas noites por mês a rotina é ir a shows e trazer todas as informações e fotos para os nossos leitores.

Nos finais de semana (que também pode ter atividade com o POA Show), me divido. Procuro lidar com música sempre que possível, seja tocando ou produzindo. Isso não vem acontecendo com muita frequencia, mas vai em breve acontecer. Vou passar a ter atividades mais frequentes tanto como baixista da nova banda que estou formando com o Murilo (Bittencourt, meu irmão) como produzindo albuns de bandas que acredito que o trabalho tenha alguma relevância.

Escrevo, também, obviamente, para este blog.

E estou abrindo uma empresa com dois amigos. Algo muito embrionário ainda, mas que pode render bons frutos e crescer muito. Assim esperamos.

Tudo isso acompanhado de micro-atividades como muitos contatos por e-mail e telefone, sempre envolvendo alguma das funções acima.

E ainda arranjo tempo para fazer terapia uma vez por semana e ser chato no Twitter (@Marcel_ezc) permanentemente.

Tudo isso, sendo bom marido.

Dá trabalho, mas tá rolando.

Anúncios

One response to this post.

  1. Eu sinto falta de uma rotina mais cheia…

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: