Carga Tributária no Brasil e a Empresa que Nunca Abrirei

Eu ia abrir uma empresa.

Um negócio muito legal, no ramo de música. Algo que viria pra acrescentar no mercado, facilitando a vida dos músicos, bandas e fãs de música, trazendo mais rentabilidade às empresas e, logicamente, dinheiro pra mim.

Como eu disse, eu IA abrir uma empresa.

Acabo de chegar de uma conversa com meu brother Eduardo, da F1 Soluções (ótima empresa de soluções em e-commerce). Foram quase duas horas de um bate papo muito bacana sobre a viabilidade do projeto, possibilidades, mercado e etc.

Por fim, uma conclusão bastante desanimadora: meu negócio é inviável.

Por que, Marcel?

Por causa dos impostos.

A tributação tornou minha idéia deficitária ou muito pouco rentável, a ponto de não justificar sua existência. O volume de vendas teria de ser enorme para que eu obtivesse algum lucro com quatro dígitos.

Minha idéia é  inviável por causa dos impostos, que não vemos pra onde vão.

Minha idéia é  inviável por causa dos impostos, que não são aplicados onde deveriam.

Minha idéia é  inviável por causa dos impostos, que são responsáveis por boa parte do preço de tudo que compramos.

Minha idéia é  inviável por causa dos impostos, que as igrejas não precisam pagar.

Hoje eu senti na pele o que todos os empreendedores do Brasil já sabem: A carga tributária é nociva para o empreendedorismo. Tudo bem que na Inglarerra o IR é de 50%. Mas pelo menos lá eles enxergam o destino desses 50%.

 

Anúncios

7 responses to this post.

  1. Legal essa constatação do cara que defende um estado paquidémicamente gigante.

    Responder

  2. Acho que na verdade dependendo da atividade é possível manter sem uma empresa registrada.

    Responder

  3. Bom vindo ao clube de Marlboro!!

    è meu velho o lance de tributação é para matar qqer um!

    Mas é isso aí, querendo jogar conversa “dentro” (sim, pois não jogamos conversa fora….) estou sempre a disposição!

    Abraço cara…

    Pense em igreja, editora, livraria…. e por aí vai… esses estão livres dos tributos!

    Responder

  4. […] the original post: Carga Tributária no Brasil e a Empresa que Nunca Abrirei « Era o … Esta entrada foi publicada em E-Commerce. Adicione o link permanenteaos seus favoritos. ← […]

    Responder

  5. Posted by Marcelo Schmidt on 9 de dezembro de 2010 at 0:35

    Em pensar que no Paraguay uma Gibson SG Standard custa U$1550. Aqui no Brasil essa guitarra sai no mínimo R$5500. Tudo por culpa de quem?! Foda.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: