Suécia

Eu sou fã da Suécia. Nunca pisei lá, mas sou fã.

Sempre simpatizei com o país, e o principal motivo não são as suecas. A Suécia é o país que, na minha opinião, está mais próxima de um ideal de país.

A Suécia se importa muito com educação. Na Suécia a taxa de analfabetismo é de menos de 5%. Importante destacar que a população rural da Suécia é de 17%.

A renda per capta estimada para 2010 na Suécia é de mais de 47 mil dólares anuais. No Brasil, chegamos este ano a casa dos 10 mil dólares.

Na Suécia quando você imigra, a primeira coisa que o governo determina é que  você aprenda um idioma. Dois anos de curso de sueco por um valor, segundo uma amiga minha, “equivalente a um corte de cabelo”.

Na Suécia o governo apóia as bandas, custeando equipamentos, gravações e até turnês. Isso prova porque banda sueca relativamente desconhecida toca no Brasil.

E, o que acho mais bacana: na Suécia não existe oposição na política. A oposição só aparece na época de eleição. Fora dos períodos eleitorais os políticos suecos fazem o que deveria ser obrigação de qualquer político: eles SE UNEM PELO PAÍS. Políticos se unem pela Suécia, e é por isso que a Suécia é um dos países mais desenvolvidos do mundo.

Eu quero muito morar lá. Eu odeio frio, mas adoraria morar na Suécia. Quem sabe um dia…

Deixo pra vocês um vídeo sobre a política na Suécia, onde os parlamentares não levam uma vida de privilégios custeados pelo povo.

Coisa dos sonhos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: