Prêmio Multishow, Eleições e Democracia.

Ontem foi uma noite especial para quem gosta de música. O Prêmio Multishow de Música Brasileira, premiação que elege os melhores através de votação pela Internet premiou os maiores artistas da atualidade no país.

Vale lembrar: Maior não significa melhor.

Com diversas escolhas que “não agradaram muito”, como a  escolha da banda Cine como melhor banda, o Prêmio Multishow foi o assunto mais comentado no Twitter na noite de terça-feira. Eu mesmo me excedi, torturando meus followers com meus comentários ranzinzas e indignados, além de retweets compulsivos.

Voltando no tempo, mais precisamente à tarde de terça, meu colega e grande camarada Guilherme me mostrou um trecho de um artigo que lera na faculdade de direito. Gostaria de transcrevê-lo aqui, mas como isso poderia trazer problemas jurídicos e como eu não tenho o artigo, vou resumir sua idéia: Platão, no século IV A.C., defendeu que a democracia legitima o erro coletivo, quando os envolvidos no sistema democrático não tem igual acesso a educação, a informação e ao conhecimento.

O detalhe, meu velho, é que isso acontece até hoje. E 2400 anos se passaram desde então.

O teor do artigo me soou tão familiar por causa das eleições. Me preocupa o fato de que as eleições são decididas por pessoas que não entendem a política, não entendem de política e não querem compreender a importância da política.

E, como disse o vídeo mais recente do Felipe Neto, que você pode assistir ali embaixo, é exatamente essa a intenção. Manter o povo ignorante para que a mudança não aconteça. Aí as pessoas votam do jeito que esses caras querem, para que eles mantenham tudo como está, para que as pessoas, na próxima, continuem votando como eles querem, e assim sucessivamente, em um desgraçado círculo vicioso. Um loop eterno de acomodação. A ignorância ad infinitum.

Da mesma forma é o Prêmio Multishow. Abre a votação na Internet, para que todos tenham a oportunidade de indicar seus artistas favoritos. Maravilhoso, não?

NÃO!

Primeiro, porque quem tem tempo de ficar o dia inteiro na internet votando é a galera teen, que ainda não trabalha e sonha com um beijinho do cara que usa calça verde limão. Segundo, porque fãs de artistas com alguma qualidade estão ocupados, via de regra, trabalhando e curtindo o som desses artistas no tempo livre.

E, em terceiro, mas não menos importante: Porque essas pessoas que decidem a votação de um prêmio nacional não entendem de música. Elas ainda não ouviram muitos artistas, não conhecem diversos estilos, não sabem detectar uma letrificação pobre nem tampouco um clichê harmônico. Não detectam ou sequer sabem o que é algo desafinado. Não se preocupam com a música, pois superestimam a embalagem. São o alvo do trabalho do Rick Bonadio.

Premios de música deveriam ser decididos por pessoas que realmente entendem de música, vivem a música e para a música. Eleições precisam ser definidas por cidadãos conscientes, que conheçam o histórico de seus candidatos e que saibam da importância da política. Prêmios de música não podem ser decididos por pessoas para quem a música não importa. Eleições não podem ser decididas por pessoas para quem a política não importa.

O que une as duas coisas, é a democracia.

Democracia que o Brasil lutou por anos e anos para conquistar.

Agora só falta aprender a usar.

Anúncios

4 responses to this post.

  1. Posted by Gaby on 26 de agosto de 2010 at 12:56

    Poxa, Marcel…eu ia argumentar com o cara ai de baixo, e tu chega e diz que concorda com ele…. Hehehe, aí ferrou meu post! Nem mais vou escrever! 😛

    Responder

  2. Detesto ter que concordar…

    XD

    Responder

  3. Posted by Murilo Bittencourt on 25 de agosto de 2010 at 22:12

    Na minha humilde opinião, tu cagou tudo na primeira frase. Ontem não foi uma noite especial porra nenhuma. Foi uma noite como qualquer outra e o Prêmio Multishow não mudou nada do que eu já sabia. Se alguém ficou sentado na frente da TV esperando bandas boas ganharem, tenho que chamar esse povo de ingênuo e burro.

    A revelação e entrega do prêmio é só a confirmação da decadência que estamos vendo há anos.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: