A Vergonha do Jogo de Equipes

Hoje pela manhã no campeonato mundial de Fórmula 1 o mundo viu um filme pela segunda vez: um brasileiro recebendo um “pedido” da equipe para “tirar o pé” e facilitar a vitória do companheiro de equipe.

Porra, Caralho, O que é isso???

Pelo que me consta, em uma corrida de fórmula um, temos VINTE E DOIS PILOTOS e não onze duplas.

A Fórmula 1 é um esporte individual, não coletivo. O jogo de equipes, que já prejudicou outro brasileiro (Rubens Barrichello, em 2002) é uma vergonha e precisa ser banido deste esporte.

Logicamente é difícil controlar isso, mas no episódio de hoje a ordem foi clara: Segundo o site G1Rob Smedley, engenheiro de Massa, disse pausadamente, dando ênfase a cada palavra: – Fernando está mais rápido que você. Pode confirmar que entendeu esta mensagem?”

O esporte é uma coisa muito bonita. Mas o que era pra ser uma competição saudável se torna uma coisa fétida quando interesses comerciais e corporativos interferem nos resultados.

Não estou falando de dor de cotovelo pelo fato de as vítimas dessas atitudes terem sido brasileiros.

Falo de tristeza pelo fato de um esporte ser manipulado desta forma tão suja.

A Ferrari deveria ficar vermelha de vergonha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: