Erros de Arbitragem na Copa

Hoje (na verdade ontem) tivemos dois grandes jogos na Copa do Mundo: Alemanha x Inglaterra e Argentina x México.

Em ambos, tivemos erros gritantes de arbitragem. No primeiro, um chute de Lampard bateu no travessão e caiu dentro do gol alemão.  Seria o empate da Inglaterra depois de estar perdendo por 2×0. Já na partida da Argentina, o primeiro gol, de Tevez, aconteceu em situação clara de impedimento. O México pressionava e a Argentina acabou por aumentar o placar em seguida.

As partidas acabaram, respectivamente, 4×1 e 3×1. Na teoria estes erros não foram determinantes nos resultados.

Mas eu defendo que sim.

A Alemanha vencia por 2×0 e veria o adversário empatar. Seria, na minha opinião, abalada emocionalmente. Com o erro, quem se abalou foi a Inglaterra. O mesmo serve para o México, que pessionava e, com o gol roubado ilegal se desestruturou a ponto de o zagueiro Osório cometer uma cagada monstra um erro terrível que resultou no segundo gol argentino.

Os erros podem, sim, ter afetado diretamente os resultados.

Sei que em futebol não existe “se”. O que fica pra história e o que aconteceu no campo. É o resultado.

Mas coisas desse tipo não podem acontecer. Ainda mais em plena Copa do Mundo.

A tecnologia está aí. É ignorância não usar. Literalmente. É ignorar um recurso em função de um purismo idiota. É preciso que os conceitos de certo e errado se apliquem também no futebol. Se existem formas de definir o que de fato aconteceu em um lance polêmico, que sejam utilizadas. Estamos em 2010.

Esse romantismo de que “jogo é assim” e que “futebol sempre teve erros e sempre terá” é BA-BA-QUI-CE.

Tenho certeza que a Inglaterra e o México não pensam assim.

PS: O do Luis Fabiano também foi ilegal.

Anúncios

3 responses to this post.

  1. Posted by Murilo Bittencourt on 28 de junho de 2010 at 4:01

    1 – Os erros existiram? Sim.
    2 – É preciso consertar esse tipo de cagada, mesmo que seja necessário o uso de tecnologia? Sim.
    3 – O jogo poderia mudar devido ao “emocional abalado” dos jogadores? Sim, mas isso é putice!
    Se tu é jogador, foda-se teu emocional…Ninguém tá preocupado com isso, a torcida quer te ver jogando com a mesma garra até o final, mesmo perdendo. O cara que entra em campo tem que entrar sabendo disso (ainda mais com o salário que tá acostumado a ganhar).

    Responder

  2. Velho…
    Se não querem parar o jogo pra olhar na tela e tirar dúvidas.
    Se não querem botar o maldito chip na bola ( que tanto vem se falando… ).
    Então que coloquem dois bandeirinhas ( auxiliares ) um atrás de cada goleira.
    Simples assim !!! 😉
    Pode não resolver todos os problemas… Mas ajuda muito.
    OBS: outros esportes ( como o futebol americano) tem vários árbitros que ficam espalhados pelo campo de jogo e se comunicam com um deles que é o “principal”. Ai é mais difícil de errar…

    Faloooooow.

    Responder

  3. A Inglaterra pensa… afinal eles votaram contra a utilização de meios eletrônicos para a arbitragem ehhehe

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: