Experiências de vida através do Jornalismo

Essa semana foi bem bacana.

Duas coisas um tanto incomuns aconteceram.

A primeira, na quinta: Ao chegar ao show do Aerosmith fui informado que a banda tem o hábito de ler, no dia seguinte,  conteúdo publicado sobre a banda. A assessoria de imprensa solicitou que eu enviasse uma versão em inglês, o que prontamente fiz assim que concluí a resenha do show.

No dia seguinte, recebo retorno da assessoria de imprensa, dizendo que a banda curtiu o texto. Fiquei muito “faceiro”.

A segunda, hoje. Após uma semana em contato com a assessoria do artista, fiz uma entrevista muito legal e bastante esclarecedora com Rodolfo Abrantes.

Para quem não está ligando o nome à pessoa, o Rodolfo foi vocalista das bandas Rodox e Raimundos, hoje em uma bem sucedida carreira solo no segmento Gospel (Não se engane, o som do cara é Rock).

Rodolfo (que eu tinha um certo receio de entrevistar por conta de não conseguir ter idéia de que tratamento eu receberia do artista e tampouco de como ele receberia minhas perguntas) foi uma pessoa extremamente gentil e atenciosa, respondendo tudo sem problema algum. Grande pessoa. Queria que todos os meus entrevistados fossem como ele.

Enfim, maravilhas da função de jornalista.

Se a grana(?) não compensa, esses momentos fazem a gente ter, cada vez mais, amor pelo jornalismo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: