Palavrões

Eu falo muito palavrão.

Não que  eu me orgulhe ou me envergonhe. Apenas falo.

É uma forma de expressão. Sei que não é uma coisa bonita e gostaria mesmo de mudar isso.

Mas acho que não é um mau meu, e sim da minha geração.

Cada vez as pessoas estão mais tolerantes com relação a essa forma de trasmissão das idéias.

Foda-se, por exemplo, é meu preferido, apesar de Puta Que Pariu vir logo em seguida.

Também não entendo quem diz “Vai se ferrar” ou tal coisa “pra caceta”. Não. Essa gente com certeza não se sente bem, não sente aquele alívio que teria com um palavrão bem mandado.

Além disso, defendo que determinadas vezes só um palavrão pode explicar algo da maneira como deve ser.

Para provar isso, deixo um vídeo do show “Nóis Na Fita”, de Marcius Melhem e Leandro Hassum.

Enjoy!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: