Poker

Sempre tive muita curiosidade quanto ao Poker.

Cheguei a “aprender” uma versão mais antiga no segundo grau, da qual não lembro quase nada.

Veio a conjuntivite, os dias em casa e resolvi aprender.

A versão mais popular, o Texas Hold’em, é muito divertida.

Diferentemente da maioria dos jogos de cartas, no Poker a sorte não é o que determina o sucesso. A inteligência é o principal artefato do jogador de Poker.

Calcular as probabilidades, ser convincente no blefe e, principalmente, saber quando não jogar são características fundamentais.

E é por nunca saber quando não jogar que várias vezes eu perco. Mas foda-se. É divertido demais.

Existem diversos tutoriais bem simples na Internet. Eu aprendi com o do Zynga Poker, do Facebook.

Quando aos softwares, recomendo o Everest Poker e o PokerStars.

Em ambos é possível jogar com dinheiro de verdade, coisa que não tenho nem  terei coragem pra fazer. Estou satisfeitíssimo com as mesas de dinheiro fictício.

Espero que se divirtam.

Estou a disposição pra uma partidinha… 😉

Agradecimentos a meu tio Edinho, que  me indicou o Everest Poker.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: